sexta-feira, 2 de julho de 2010

Eike promete investir R$ 34,8 bilhões no Rio

O controlador do grupo EBX, Eike Batista, lançou ontem as obras do porto Sudeste, em Itaguaí, anunciando investimentos de R$ 34,8 bilhões para o Estado do Rio de Janeiro até 2012. Desse total, R$ 6,1 bilhões são relativos aos portos de Açu e Sudeste; R$ 9 bilhões serão investidos em siderurgia, em parceria com a chinesa Wisco; R$ 4,2 bilhões em exploração de petróleo; R$ 15 bilhões em projetos de geração de energia; e R$ 500 milhões em outras instalações. Eike Batista tratou de lisonjear o governo federal. Chegou a classificar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) como o "melhor banco do mundo". A instituição, lembrou, está financiando o porto do Sudeste, batizado de "Superporto" pela EBX, com R$ 1,2 bilhão.

O projeto está sendo tocado pela LLX, empresa de logística do grupo. O porto, localizado na Baía de Sepetiba, segue o conceito de terminal portuário privativo de uso misto. O empreendimento, de R$ 1,8 bilhão, escoará a produção do Sistema Sudeste da MMX, empresa de mineração do grupo EBX, e de outros produtos de minério de ferro do Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais, que atualmente não exportam por falta de opção logística. O início da operação do porto está previsto para 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário